Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Outra Menina Bennet

A Outra Menina Bennet

31
Dez18

Best Of! – os melhores livros que li em 2018

Sofia

Este é o meu post preferido do ano! Adoro fazer listas e adoro partilhar aqui as minhas opiniões, por isso... Este ano li imensos livros e a maioria deles incriveis. Acho que isso se deveu ao facto de ter aproveitado este ano para ler aqueles livros que “estavam na lista”, entendem? Pensei que devia fazer um top 5 como no ano passado mas não sou capaz. Vai ter de ser um top 10! E mesmo assim vai ser ingrato. Vou deixar uma citação para cada livro e uma pequena anotação. Aviso desde já que a maioria dos livros aqui presentes são clássicos ou clássicos modernos. Se acompanham o blog sabem que é o género que mais leio. Mas vamos começar porque este post é gigante!

 

 

26
Dez18

“O Crepúsculo dos Ídolos”, Friedrich Nietzsche – a contestação de todas as verdades pelo ‘mestre do Eterno Retorno’

Sofia

“Os grandes homens são necessários, a época em que aparecem é fortuita; se quase sempre se tornam dela senhores deve-se unicamente ao facto de serem mais fortes, mais antigos, de por mais tempo terem acumulado forças.”

250x.jpg

Esta não é a primeira vez que faço aqui uma review de uma obra de Nietzsche. Como é óbvio, também não será a última. A verdade é que eu não tinha decidido que queria ler esta obra em particular. Até porque ainda não tinha percebido que já tinha sido traduzida (foi algo recente). No entanto vi à venda e não resisti, claro.

 

 

18
Dez18

“Canção Doce" - Leila Slimani – uma canção de embalar não tão boa quanto isso

Sofia

“Não deves tentar entender tudo. As crianças são como os adultos. Não há nada para entender."

91RgvW4aTFL.jpg

A minha escolha de ler este livro prendeu-se com três fatores principais: primeiro, estava naquela altura entre leituras em que precisava de ler algo “leve” e “simples”, depois dos últimos livros que li terem sido livros que me fizeram pensar; segundo, a capa deste livro, como podem ver acima, é muito querida e apelativa (eu sei, não é um bom argumento, mas vá lá, quem não escolhe livros pela capa?!); terceiro, as reviews deste livro foram, no geral tão boas, que confiei e achei boa ideia ler. Agora não sei se tenho assim tanta certeza. 

 

 

10
Dez18

“O Mito de Sísifo”, Albert Camus – um marco no existencialismo e absurdo

Sofia

“A partir do momento em que foi descoberto, o absurdo é uma paixão, a mais lancinante de todas. Mas o problema está em saber se podemos viver com as nossas paixões, se podemos aceitar a sua lei profunda, que é a de queimar o coração que elas ao mesmo tempo exaltam.”

250x.jpg

­A minha história com este autor e as suas obras é tão estranha, louca e bizarra, que nem vou por aí. Prosseguindo: da primeira vez que li algo deste autor, foi O Estrangeiro (do qual falei aqui no blog) e do qual gostei imenso. Gostei ao ponto de querer ler mais de Camus. Porém, não o suficiente para ir logo a correr ler tudo. O Mito de Sísifo veio mesmo um bocado “por acaso”.

 

 

03
Dez18

“Memória das Minhas P*tas Tristes”, Gabriel García Márquez – o antídoto para a mortalidade

Sofia

“Sempre pensei que morrer de amor era apenas uma licença poética”

Memoria-de-Mis-Putas-Tristes.jpg

O primeiro livro que li de Gabriel García Márquez foi Cem Anos de Solidão. A esse seguiu-se O Amor em Tempos de Cólera. Há uns tempos lembrei-me do nada de que devia voltar a ler algo deste autor. Por nenhuma razão em particular. Simplesmente veio-me o pensamento à cabeça. Gosto de pensar que quando isto me acontece, é um sinal. Fui pesquisar qual o livro do autor com uma história que mais me apelasse e escolhi este.

 

Mais sobre a Sofia

Estudante de Letras. Romântica Incurável. Apaixonada por livros, chá, contos de fadas, viagens, tragédias, chuva e chocolate.

Segue-me nas redes sociais

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D