Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Outra Menina Bennet

A Outra Menina Bennet

03
Jun19

“Como Vos Aprouver”, William Shakespeare – por mim, está ótimo assim!

Sofia

“Todo o mundo é um palco, e todos os homens e mulheres são meros atores”

41qrxbyy6TL._SX310_BO1,204,203,200_.jpg

Tinha tantas saudades de ler Shakespeare que nem vos conto! É um dos meus autores preferidos de sempre. Há umas semanas decidi que tinha de ler outra vez algo dele, então fiz uma encomenda com algumas obras que ainda não tinha lido (não sei bem porquê). Escolhi algumas das obras que, ainda que sejam das mais conhecidas, não são conhecidas ao nível daquelas que até uma pessoa que não lê com frequência conhece (leia-se Romeu & Julieta ou Hamlet) Quando chegaram, decidi começar por uma comédia, e então escolhi As You Like It, em português, Como Vos Aprouver.

 

As You Like It segue uma protagonista feminina disfarçada de homem. Pois sim, Rosalind é a protagonista desta comédia e a história é simples: exilada pelo seu tio, foge para a floresta com a sua prima, Celia. Lá encontra Orlando por quem estava apaixonada (e que estava apaixonado por ela, claro) e tudo o resto é pura genialidade. Rosalind, disfarçada de homem (por uma questão de sobrevivência óbvia, tendo em conta que é uma exilada e que se encontra num sítio perigoso), tem agora uma possibilidade de usar a sua voz ‘como lhe aprouver’ e utiliza-a da melhor forma. Toda a peça é como que uma paródia do amor romântico e das suas convenções, que ocorre sobretudo através dos reparos de Rosalind aos apaixonados da peça, que conta com 3 pares românticos e contém alguns dos discursos mais famosos da totalidade da obra Shakesperiana.

A citação que coloquei no início do post é um desses exemplos. Acho que todos conhecemos esse discurso, que na peça pertence à personagem Jacques. O suposto ‘bobo’ da peça é o autor de outra das citações mais conhecidas: “Aquele que é tonto pensa que é sábio, mas o sábio sabe que é tonto”. Além disso, tenho de citar uma das mais icónicas falas de Rosalind “Não sabes que sou uma mulher? Quando penso, tenho de falar.” Não é tão bom? É Shakespeare!

Tinha mesmo saudades de ler Shakespeare. Nunca deixa de surpreender e nunca deixa de ser do melhor que se pode ler. O que acho mais extraordinário é ter efetivamente existido alguém assim, que tenha deixada uma tal obra. Sobretudo tendo em conta o tempo em que viveu, as condições em que existiu. Acho tão magnífico e inacreditável, deixa-me meio fascinada.

As You Like It surpreendeu-me pela perspicácia da sátira e pela leveza e simplicidade com que a mesma é apresentada. Parece tão fácil. Mas depois pensamos que não é nada fácil. Acho que é isso que a torna genial. Fazer uma coisa tão difícil parecer fácil e simples, passar uma mensagem de cariz sério de forma cómica, ensinar entretendo, são as coisas mais difíceis para um autor, na minha opinião. As You Like It é o melhor exemplo disso. Podemos tirar uma moral se nos apetecer, podemos entender o que está a ser satirizado ou pode passar-nos ao lado, mas em todos os casos, vamos passar um belo tempo a lê-la porque, mesmo que não entendamos em profundidade o que está ali em causa, vamos divertir-nos imenso, porque a peça é mesmo uma comédia! Acho que o que faz desta peça algo ainda mais genial e extraordinária é exatamente o facto de ser algo sério e que diverte, que pode ser lida pelo mais leigo entre os leigos e pelo mais erudito dos intelectuais, e ambos vão lê-la com igual facilidade e adorá-la de igual forma. Mas é essa a magia de Shakespeare, não é? Foi isso que lhe permitiu chegar até hoje e imortalizar-se, não vos parece?

Bem, não preciso mesmo de dizer mais nada, pois não? Recomendo muito As You Like It. Se puderem ler em inglês, é sempre preferível neste tipo de obra, mas em português temos uma tradução com o título Como Vos Aprouver que, embora eu não conheça, não pode ser muito má, porque afinal, nem uma péssima tradução arruinaria uma tal obra. Leiam!

 

Idioma de Leitura: Inglês

 

5/5

 

Mais sobre a Sofia

Estudante de Letras. Romântica Incurável. Perdida algures num sonho. Apaixonada por livros, chá, contos de fadas, tragédias e chuva. Entre Flores & Estrelas.

Segue-me nas redes sociais

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D