Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Outra Menina Bennet

A Outra Menina Bennet

16
Mai18

“Expiação”, Ian McEwan – Escrever é a única saída

Sofia

“Escrever não era uma espécie de ascensão, uma forma fiável de fuga, fantasia e imaginação?”

atonement.jpg

Ouvi tantas vezes falar deste livro. Na minha faculdade é um livro obrigatório em algumas cadeiras. Disseram-me tão bem dele que assim que tive disponibilidade peguei nele e lá fui eu. Algumas pessoas disseram que este se tinha tornado o seu livro preferido. Cética mas entusiasmada lá li a obra. Sinto que acrescentei algo de muito significativo à minha biblioteca.

 

Situado na altura da Segunda Guerra Mundial, Expiação fala de um crime. A pequena e sonhadora aspirante a escritora Briony certa vez observa a sua irmã Cecília a tirar a roupa em frente a Robbie, filho da empregada da casa, junto a um rio. Depois disso nada volta a ser o mesmo. Mais tarde, Briony acusa Robbie de agredir sexualmente a sua prima Lola. Robbie é preso e é separado de Cecília. Mais tarde alista-se, e parte para defender o país na Guerra.

Ao longo dos anos, Briony apercebeu-se de que o que tinha feito fora o maior erro da sua vida, e logo se inicia numa espécie de expiação do seu grande pecado.

Ao longo do livro houve algo que me fascinou e intrigou: porquê? Porque é que Briony fez uma coisa destas? Pensei em várias respostas à medida que ia lendo. E não cheguei a nenhuma conclusão. Pensei: Briony era uma escritora, uma inventora, terá o seu crime sido outra história da sua cabeça? Parece o mais óbvio claro.

 A certo ponto Robbie supõe que Briony fez tal coisa por ter uma paixoneta por ele. Por acaso também tinha antecipado este detalhe, mas à medida que fui lendo não me pareceu tão verossímil como deveria parecer.

Então o que pude concluir? Bem para ser honesta, conclui que esta pergunta não tem resposta e tal pareceu-me ser a ideia do autor. Acho que não é para saber.

Outra questão que me pareceu importante é a seguinte: Briony pode ser perdoada? A forma final de expiação dela pareceu-me gloriosa para dizer o mínimo, mas pode haver perdão para aquilo que ela fez? A mim, sinceramente, parece-me que não. Destruir a vida de uma pessoa por capricho não tem desculpa.

A certo ponto pensei que ela podia ter desculpa, porque afinal a Briony era só uma criança. Mas isto pode servir de desculpa? Neste momento tenho dúvidas.

Do que não tenho dúvidas é o seguinte: este livro é um grande livro e merece ser lido. Recomendo vivamente. E se tiverem a oportunidade de o ler, gostaria muito de saber a vossa opinião sobre o mesmo. Recomendo muito a leitura.

 

Idioma de leitura: Inglês

 

4/5

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre a Sofia

Estudante de Letras. Romântica Incurável. Perdida algures num sonho. Apaixonada por livros, chá, contos de fadas, tragédias e chuva. Entre Flores & Estrelas.

Segue-me nas redes sociais

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D